Podemos é aprovado nas urnas pelo eleitorado brasileiro

Considerado como o partido movimento que revolucionou o jeito de fazer política no país, devolvendo à população o direito de participar, além das urnas, das principais decisões em votação no Congresso, o Podemos foi aprovado pelo eleitorado brasileiro. Exemplo maior deu-se na eleição para deputado federal, saltando de 4 eleitos em 2014 (quando ainda era PTN) para 11 agora.

Também conquistou importantes cadeiras nos legislativos de 12 Estados, elegendo 21 deputados estaduais. Para o Senado, Professor Oriovisto Guimarães, do Paraná, foi eleito, e, com isso, manteve-se a bancada do Podemos no Senado, com 5 senadores. José de Medeiros, que encerra este ano seus 8 anos de mandato como senador, concorreu à Câmara Federal e foi eleito.

Na representatividade federal por Estado, a força maior do Podemos concentrou-se em São Paulo, reelegendo os deputados federais Renata Abreu, Marco Feliciano e Roberto de Lucena.

Para a Assembleia Legislativa de SP, o partido que tinha apenas um estadual, elegeu agora Bruno Ganem, Ataíde Teruel, Márcio da Farmácia e Aprígio. Para o Legislativo de Rondônia, foram eleitos Cássia dos Muletas, Cirone da Tozzo e Jean Mendonça. Na Paraíba, mais três deputados estaduais: João Gonçalves, Edmilson Soares e Branco Mendes

Conheça agora a Bancada do Podemos na Câmara dos Deputados para a legislatura 2019-2022:

Aluísio Mendes (Maranhão)

Bacelar (Bahia)

Ricardo Teobaldo (Pernambuco)

Roberto de Lucena (São Paulo)

Marco Feliciano (São Paulo)

Renata Abreu (São Paulo)

Diego Garcia (Paraná)

José Nelto (Goiás)

José Medeiros (Mato Grosso)

Léo Morais (Rondônia)

Igor Timo (Minas Gerais)

 

Bancada do Podemos no Senado

Alvaro Dias (Paraná)

Romário (Rio de Janeiro)

Rose de Freitas (Espírito Santo)

Elmano Férrer (Piauí)

Professor Oriovisto Guimarães (Paraná)

 

Deputados estaduais do Podemos para o período de 2019-2022

Galo (Paraná)

Bebeto (Rio de Janeiro)

Rodrigo Maroni (Rio Grande do Sul)

Bruno Ganem (São Paulo)

Ataíde Teruel (São Paulo)

Márcio da Farmácia (São Paulo)

Aprígio (São Paulo)

Zezinho Sobral (Sergipe)

Diná Almeida (Sergipe)

Aurelina Medeiros (Roraima)

Cássia dos Muletas (Rondônia)

Cirone da Tozzo (Rondônia)

Jean Mendonça (Rondônia)

Josa da Farmácia (Acre)

Tiago Falcão (Amazonas)

João Gonçalves (Paraíba)

Edmilson Soares (Paraíba)

Branco Mendes (Paraíba)

Janio Natal (Bahia)

Rosangela Reis (Minas Gerais)

Neilando Pimentel (Minas Gerais)

 

Compartilhe esse post nas redes sociais!

Veja Também