Dr Sinval propõe homenagem a médicos do SUS que salvaram a vida de presidenciável

A eficiência da equipe médica da Santa Casa de Juiz de Fora foi, na opinião do médico e deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos-SP), foi fundamental para salvar a vida do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Todos os procedimentos foram pagos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e este episódio será tema de Moção de Louvor no Congresso apresentada pelo único médico em atividade da bancada paulista.

Na moção, Dr. Sinval, que tem 40 anos de experiência em Medicina, ressaltou: “Todos nós, brasileiros que defendemos a vida, nos indignamos com o ataque ao presidenciável, durante ato de campanha. A cena de violência repercutiu no mundo todo, fragilizando nossa democracia. Porém, pouquíssimos registraram os gestos heróicos da equipe da Santa Casa de Juiz de Fora, em especial do cirurgião vascular Paulo Gonçalves de Oliveira Junior. A equipe receberá pouco mais de R$ 300 do SUS e o hospital, cerca de R$ 1 mil”.

“Falamos, nesta proposição, de um fato de repercussão nacional. Porém, são muitas as dificultosas situações enfrentadas pelas equipes médicas que trabalham nas emergências dos hospitais públicos, diariamente. Enquanto médico do SUS, deputado federal e professor da Faculdade de Medicina de Catanduva, tenho, no Congresso Nacional, chamado a atenção para a situação de colapso em que se encontram os hospitais filantrópicos e defendido fortemente o reajuste da tabela de remuneração de procedimentos como solução para o problema. Também sou autor de vários projetos em favor das santas casas, inclusive o que perdoa dívidas tributárias”, acrescentou Dr. Sinval Malheiros.

E finalizou: “Entretanto, em forma de Moção de Louvor, quero reconhecer publicamente o profissionalismo e a sensibilidade da equipe de profissionais da Santa Casa de Juiz de Fora, especialmente do cirurgião vascular Paulo Gonçalves de Oliveira Junior, homem de bem, que cumpre com extremo profissionalismo o juramento de Hipócrates: ‘Prometo solenemente consagrar a minha vida ao serviço da Humanidade. Exercerei a minha arte com consciência e dignidade. A saúde do meu Doente será a minha primeira preocupação’”.

(texto: Jurandyr Bueno)

Compartilhe esse post nas redes sociais!

Veja Também