Sérgio Moro declara apoio integral a projeto de Alvaro Dias que acaba com foro privilegiado

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, declarou, nesta quarta-feira (19/06), apoio integral ao projeto do senador Alvaro Dias que acaba com o foro privilegiado de mais de 55 mil autoridades. “O meu apoio para esse projeto é 100%. Sempre fui contra o foro privilegiado, continuo sendo contra o foro privilegiado. Não faço nenhuma questão de ter esse foro por prerrogativa de função”, cravou Moro.

A proposta de Alvaro Dias, já aprovada no Senado, aguarda apenas uma votação, no plenário da Câmara dos Deputados. “Somente com o fim do foro privilegiado consagraremos uma nova Justiça no país e poderemos afirmar que somos todos iguais perante a lei”, assinalou o líder do Podemos, durante audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça, que ouviu o ministro sobre o vazamento criminoso de mensagens trocadas pela força-tarefa da Lava Jato.

Para Alvaro Dias, os vazamentos constituem uma “estratégia da marginália”, que tem como objetivo “desqualificar quem investiga, quem denuncia e quem julga na esperança de ver a impunidade derrotando a Justiça”. Segundo o parlamentar, busca-se “eventuais munições para abastecer advogados na defesa dos seus clientes criminosos e presos”. “A investigação deve alcançar aqueles que, por trás desta operação, tiveram os objetivos escusos expostos”, destacou o parlamentar.

O líder do Podemos no Senado ressaltou que o país é vítima de uma organização criminosa que aparelhou o Estado brasileiro e colocou os seus tentáculos em setores diferentes da economia, no setor público e privado. “Trata-se de um esquema sofisticado e complexo de corrupção arquitetado com a distribuição de percentuais da propina entre agentes públicos, políticos e partidos políticos. Uma gigantesca operação criminosa, organização criminosa”, disse.

Na esteira do combate a essa organização criminosa, avaliou o senador, a Operação Lava Jato “nasceu como uma esperança do povo brasileiro, se tornou prioridade e é o caminho para uma nova Justiça neste País”. “A legislação de combate ao crime organizado possibilita a cooperação entre instituições oficiais nacionais, estaduais e municipais”, completou. “Evidentemente, é preciso se estabelecer para o êxito dessas operações uma relação estreitada que a legislação possibilita entre juízes, policiais e integrantes do Ministério Público”.

Questionado sobre o assunto por Alvaro Dias, Moro respondeu que existe “um sensacionalismo e uma falta de compreensão em relação à natureza das relações” em processos mais complexos entre juízes, procuradores e policiais. “O que se tem, em última análise, é um grupo criminoso organizado querendo obstaculizar os avanços anticorrupção e se valendo de métodos criminosos para ‘hackear’ aparelhos e aplicativos utilizados por autoridades públicas. Esse é o fato de verdadeira gravidade, e não aqueles que se aproveitam do falso sensacionalismo para buscar nulidades de decisões já proferidas”, concluiu.

Foto: Luiz Wolff

Curta nossa página no Facebook e
fique por dentro das novidades do PODEMOS

Facebook

Você pode nos acompanhar de pertinho.
Siga agora o PODEMOS no Instagram.

Instagram

Quer ficar por dentro de todos os nossos vídeos?
Inscreva-se agora em nosso YouTube.

YouTube

Assine agora o PODEMOS no WhatsApp
e receba em tempo real todas nossas
atualizações no seu smartphone.

WhatsApp

Siga-nos no Twitter e acompanhe de perto
nossos posicionamentos.
Juntos PODEMOS.

Twitter

Receba o nosso informativo e fique por dentro

Assine para receber nossas novidades em tempo real.

POR E-MAIL

Juntos e informados
podemos mudar o Brasil!

Receba o nosso informativo e fique por dentro

Assine para receber nossas novidades em tempo real.

Juntos e informados
podemos mudar o Brasil!

POR E-MAIL

Receba o nosso informativo e fique por dentro

Assine para receber nossas novidades em tempo real.

Juntos e informados
podemos mudar o Brasil!

POR E-MAIL POR WHATSAPP

Curta nossa pagina no Facebook e fique por dentro das novidades do PODEMOS.

Facebook

Quer ficar por dentro de todos os nossos vídeos, inscreva-se agora na nossa plataforma no YouTube

YouTube

Assine agora o PODEMOS no WhatsApp e receba em tempo real todas nossas atualizações no seu smartphone.

WhatsApp

Você pode nos acompanhar de pertinho. Siga agora o PODEMOS no Instagram.

Instagram

Siga-nos no Twitter e acompanhe de perto nossos posicionamentos. Juntos PODEMOS.

Twitter

QUEM SOMOS

História
Em 4 Anos
Estatuto
Lideranças
Pelo Brasil
Fundação

ACREDITAMOS

+ Transparência
+ Participação
+ Democracia
Seja Filiado

ACOMPANHE

Notícias
Artigos
Informes
Resoluções
Revista Câmara
App Podemos

ELEIÇÕES

2020
2018
Candidaturas
Downloads

ATENDIMENTO

(11) 3935-6353
Envie um E-mail
Nossa Ouvidoria
App Podemos


#JuntosPodemos