Podemos é contra aumento de impostos proposto pela Reforma Tributária

Em defesa do povo brasileiro, o Podemos é contra o aumento de impostos proposto pela Reforma Tributária do governo Bolsonaro. Para a presidente nacional do partido, o texto que tramita no Congresso coloca em risco a sobrevivência de empresas e paralisa a geração de emprego e renda.

“Nossas bancadas na Câmara e no Senado estão mobilizadas para impedir mais carga tributária nas costas dos setores produtivos e do povo brasileiro”, afirma a presidente nacional do partido, deputada federal Renata Abreu (SP).

Há duas semanas, o governo enviou ao Congresso proposta de alterações nas regras do Imposto de Renda. Entre as mudanças está a ampliação, para pessoas físicas, da faixa de isenção (de R$ 1.903,98 para R$ 2.500) e ajuste de 13% nas seguintes. O projeto não torna o tributo mais progressivo, como era esperado, e restringe o acesso ao desconto simplificado na declaração anual.

“Reforma Tributária deve ter como princípio o crescimento econômico. Defendemos propostas que levem o Brasil a ser um país mais justo e competitivo. Defendemos a reorganização do Imposto de Renda, mas jamais permitiremos que as mudanças sejam bruscas e prejudiciais ao povo, principalmente neste período de pandemia, quando temos 14,5 milhões de desempregados e empresas à beira da falência”, ressalta Renata Abreu, complementando: “Vamos lutar por uma Reforma Tributária de verdade, mas sem aumento de impostos”.

Foto: Robert Alves/Monumental Foto